sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"Impactos sobre Custos de R.I. - Mifid II - Novas Regras da UE"

A ABRASCA-Associação Brasileira das Companhias Abertas promoverá o evento "Impactos sobre Custos de R.I. - Mifid II-Novas Regras da UE", apoiado pela B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) e o IBRI (instituto Brasileiro de Relações com Investidores), dia 3 de outubro próximo, em São Paulo, no horário das 14h às 17h30, no Auditório da B3, tendo como convidados: Roger Oey (Bloomberg), Thomas Samuelson (Magellan Yates), Edmar Lopes (Ibri) e Alfried Plöger (ABRASCA), entre outros.

As inscrições podem ser feitas pelo email nilsonjunior@abrasca.org.br. Fone (11) 3107.5557.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Anunciados os vencedores do Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor

O Comitê Consultivo de Educação da Comissão de Valores Mobiliários( CVM) anuncia os ganhadores do 11º Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor.

Cada jornalista receberá certificado, placa alusiva e prêmios individuais no valor de R$ 3.500,00. Conheça os vencedores em cada categoria:

• Jornal (Cobertura Nacional): Adriana de Brito Cotias Matéria: “Investidor contesta perda em estratégia mais arriscada”, publicada em 08/11/2016 no Jornal Valor Econômico.

• Jornal (Cobertura Local/Regional): Hamilton Bunn Ferrari Matéria: “Agarrando os juros altos”, publicada em 31/07/2016 no Correio Braziliense.

• Revista: Patrícia Oliveira Rodrigues Valle Matéria: “Como ganhar dinheiro no pós-crise”, publicada em 31/08/2016 na revista Exame.

• Mídia Digital: Fernanda Guimarães Matéria: “Conselheiro independente sem conhecimento do negócio entra na mira de acionistas”, publicada em 19/08/2016 na Agência Estado.

A íntegra das matérias pode ser acessada no Portal do Investidor: http://www.portaldoinvestidor.gov.br/saibaMais/Concurso_PremioImprensa.html

Sobre o Prêmio Imprensa:

A iniciativa tem como objetivo colaborar com a educação financeira, estimulando a imprensa a veicular matérias e reportagens que, de modo didático, esclareçam as oportunidades e os riscos dos diversos investimentos disponíveis para pessoas físicas no mercado de capitais, auxiliando na formação de investidores mais conscientes. O Comitê Consultivo de Educação é o organizador do Prêmio e é formado por membros da: CVM (Comissão de Valores Mobiliários); ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas); ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais); ABVCAP (Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital); ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias); APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) Nacional; B3 (Brasil, Bolsa, Balcão); IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa); IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores); e Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros).

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Cantidiano - NOTA ABRASCA

Sobre a morte de Luiz L. Cantidiano, ocorrida ontem, 20 de agosto, domingo, a ABRASCA-Associação Brasileira das Companhias Abertas distribui a seguinte NOTA:

"Consternada pelo falecimento de Luiz Leonardo Cantidiano, cidadão e profissional exemplar, autor de relevantes contribuições ao mercado de capitais brasileiro, a Associação Brasileira das Companhias Abertas junta-se aos familiares e amigos manifestando apoio e ​solidariedade".

domingo, 20 de agosto de 2017

Morre Cantidiano

O conhecidíssimo advogado especializado em legislação societária e ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Luiz Leonardo Cantidiano, morreu neste domingo. Cremação e sepultamento ocorrerão amanhã, 21, no Rio de Janeiro. Ele tinha 68 anos e a causa mortis não foi divulgada.

domingo, 13 de agosto de 2017

Seminário ABRASCA conclui a favor do Programa de Regularização Tributária

A opção pelo PERT-Programa Especial de Regularização Tributária pode ser uma grande oportunidade para as companhias. Entretanto é preciso a máxima atenção com o cumprimento das regras para que não se incorra em risco de exclusão do parcelamento. Estas foram algumas das pontuações dos palestrantes durante o Seminário “Elucidando o PERT- Programa Especial de Regularização Tributária”, realizado no dia 3 último, em São Paulo.

Promovido pela Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA), evento reuniu alguns dos maiores especialistas do país em direito tributário, além dos presidentes da Comissão Jurídica da ABRASCA (COJUR), Henry Sztutman; e Arthur Santos, da Comissão de Auditoria e Normas Contábeis da ABRASCA (CANC), para debater com um seleto público de 100 pessoas.

Murillo Villas, diretor de Tax, da EY, esteve nos três painéis, abordando situações do dia a dia das companhias que entram no programa. Casos julgados pelo STJ - e jurisprudência como a preservação do direito ao parcelamento - foram lembrados por advogados durante os painéis. Marcos Prado (Stocche Forbes), por exemplo, comentou alguns dos percalços: ”É bom estar atentos ao fato de a Receita buscar sempre interpretação muito rigorosa dos contratos e suas decisões são invariavelmente desfavoráveis ao contribuinte”.

Vivian Casanova (BMA) definiu a situação desta maneira: “Os programas, geralmente, são excelentes mas dão muita dor de cabeça. Não à toa sempre existem debates e eventos, como esta iniciativa da ABRASCA”...

Luciana Aguiar (Bocater) abordou a questão dos congestionamentos processuais, lembrando que esta taxa é de 91% e que a Dívida Ativa da União tem um montante a receber (dados de 2015) de R$ 1,5 trilhão, dos quais apenas R$ 283 bilhões são considerados de recuperação provável. Considerando a existência do PERT “em boa hora, pelo momento que atravessa o país”, Thais Françoso (FF Advogados) alertou para a guarda de documentos. Ela que discorreu sobre compliance tributário, frisou: ”A guarda de documento deve obedecer o fim do processo e não apenas o período de cinco anos”.

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Seminário "Elucidando o PERT-Programa Especial de Regularização Tributária" será dia 3 de Agosto

"Elucidando o PERT-Programa Especial de Regularização Tributária" é o nome do Seminário ABRASCA, no próximo dia 03 de agosto, Spazio JK, localizado na avenida Juscelino Kubitschek, 1726, em São Paulo.

Evento conta com apoios dos escritórios BMA Advogados, Bocater, Madrona, Mattos Filho, Pinheiro Neto, mais a consultoria Ey e terá os maiores especialistas no assunto: Henry Sztutman (presidente da Cojur ABRASCA), Washington Coelho, Arthur Santos (pres. CANC, ABRASCA), Igor Nascimento de Souza, Luciana Aguiar, Nair Janson, Thais Françoso, Marcos Prado, Renato Caumo, Vivian Casanova, Murillo Villas, Flávio Veitzman e Paulo Tedesco.

Inscrições podem ser feitas com alexandre@abrasca.org.br ou sarita@sbeventos.com.br

terça-feira, 27 de junho de 2017

11° Prêmio Imprensa da CVM - Inscrições até 30/06

Faltam poucos dias para as inscrições do 11° Prêmio Imprensa se encerrarem.

Ainda não fez a sua? Então, fique atento, não perca o prazo e concorra a R$3.500,00, além de certificado e placa alusiva (os classificados em primeiro lugar). Em caso de coautoria, o valor será dividido entre o número de autores.

Para participar basta enviar, até 30/6 (20h), no site do prêmio,

(www.comitedeeducacao.cvm.gov.br/Iniciativas/PremioImprensa.aspx) suas matérias jornalísticas redigidas em português, publicadas ou veiculadas no Brasil ao longo de 2016 (até 31/12). Na mesma página, você também pode conferir o Regulamento.

Lembre-se! É admitida coautoria, desde que limitada a três pessoas (autor e até dois coautores).

Categorias

É possível concorrer em mais de uma categoria, com até três matérias em cada:

• Jornal – Cobertura Nacional: publicações em jornais de cobertura ou distribuição nacional.

• Jornal – Cobertura Local/Regional: publicações em jornais de circulação local ou regional, que não tenham cobertura ou distribuição em todo território nacional.

• Revista: publicações em revistas, de tiragem nacional, regional ou local.

• Mídia Digital: publicações veiculadas por meios eletrônicos em portais de empresas jornalísticas com domínio brasileiro.

Atenção!

A mesma reportagem não poderá ser inscrita em mais de uma categoria. Também não são elegíveis textos divulgados em blogs,

artigos, colunas, guias, ensaios ou coberturas sequenciadas de eventos.

Sobre o Prêmio Imprensa

A veiculação de matérias jornalísticas a respeito do mercado de capitais brasileiro pode ser uma forma de orientar investidores acerca de oportunidades e riscos de investimento, além de características do segmento.

A fim de reconhecer os autores que também colaboram para a disseminação educativa sobre o mercado, o Comitê Consultivo de Educação da CVM criou o Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor.

O Comitê é formado por membros da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), da Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA), da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP), da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD), da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC), da B3, do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI) e Associação Brasileira de Planejadores Financeiros (Planejar). http://www.comitedeeducacao.cvm.gov.br/Iniciativas/PremioImprensa.aspx