segunda-feira, 18 de junho de 2018

Cresce faturamento das Companhias Abertas e NÚMERO de EMPRESAS LISTADAS pode DOBRAR

O lucro líquido consolidado de 361 companhias abertas somou, no final de 2017, R$ 164,8 bilhões, o que significa uma alta de 38,5% em relação ao ano anterior. Este é um dos dados reunidos na 14ª edição do Anuário Estatístico das Companhias Abertas, editado pela Abrasca, que será lançado no 20º Encontro Internacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais.

O mesmo trabalho reúne artigo do prof. Carlos Rocca e de Lauro Modesto, através de projeções do Centro de Estudo de Mercado de Capitais da Fipe (Cemec) mostrando que o mercado de capitais brasileiro tem potencial para dobrar o número de companhias abertas listadas na B3 nos próximos 10 anos, com acréscimo de 317 novas empresas.

Carlos Roca estará presente em coletiva de imprensa, comentando projeções do mercado de capitais, ao lado de Alfried Plöger (presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira das Companhias Abertas) para falar sobre investimentos das companhias.

SERVIÇO:

Dia: 20 / 06 (quarta-feira)

Hora: 16 h (coffe break do evento)

Local: Sala de Imprensa do 20º Encontro Internacional de Relações com Investidores

Avenida das Nações Unidas, 12551 – Piso C - Brooklin, São Paulo (WTC Hotel)

Assessoria de Imprensa da ABRASCA

Virtual Comunicação

Nelson Tucci e Rosa Symanski

Fones: (11) 2503.3987

Cel: Mobile / WhatsApp - (11) 95815.9902 - NTucci

virtual.com.mkt@uol.com.br

@virtualcom

https://www.facebook.com/VirtualComunicacao

www.virtualcomunicacao.net

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Seminário `Informe de Governança ICVM 586: valor de praticar e explicar´ será dia 17, em S. Paulo

Evento reunirá os maiores especialistas em governança do país.

Esclarecer as novas regras da Instrução CVM 586 que tratam da divulgação de informações sobre as práticas de governança é o objetivo do Seminário que ocorrerá no próximo dia 17, em São Paulo. A iniciativa é da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca), em parceria com a B3 (a Bolsa do Brasil) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Será um evento do mais alto nível, contemplando as necessidades de entendimento das companhias abertas”, resume Alfried Plöger, presidente da Abrasca, lembrando ainda que este seminário faz parte de um programa chamado “Pockets EPC Abrasca” – eventos de curta duração, inseridos na Educação Profissional Continuada.

O formato Pocket consiste de quatro painéis com duração de duas horas cada, contendo assuntos correlatos e que se complementam: 1) Introdução; 2) Acionistas e Poder de Controle; 3) Conselho de Administração e Diretoria; 4) Órgãos de Fiscalização e Controle; Ética e Conflito de Interesses. (Veja programação pelo https://goo.gl/tjsCFU).

O Seminário “Informe de Governança ICVM 586: valor de praticar e explicar” terá como debatedores representantes da Abrasca, da CVM, da B3, do IBGC, de escritórios de advocacia especializados em mercado de capitais e representantes de algumas das maiores companhias do país.

Veja PROGRAMAÇÃO e Inscrições: goo.gl/tjsCFU .

domingo, 18 de março de 2018

O Futuro do Consumo

A PROTESTE promoverá seminário no dia 22 de março próximo, em São Paulo. O evento tem parceria da Virtual Comunicação, com tema e subtemas de alta relevância, como Mobilidade, Energia, Embalagens, Risco e Crédito, Criptomoedas e O Papel da Mídia. As inscrições são gratuitas.

Acesse http://www.ofuturodoconsumo.com/

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

ABRASCA disponibiliza o Anuário Estatístico das Cias. Abertas na versão digital

A Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) disponibiliza, gratuitamente, a versão digital do Anuário Estatístico das Companhias Abertas, edição 2017/18. Esta é a única publicação que reúne indicadores econômico-financeiros das empresas listadas na B3, mais artigos e dados relevantes das companhias na economia nacional. O trabalho está reunido em 136 páginas, analisando 11 setores. Neste são apresentadas as 20 maiores empresas brasileiras, bem como o ranking de desempenho medido pelo ROE (retorno aos acionistas) das 30 melhores companhias não-financeiras no período entre 2007 e 2016.

Para facilitar a consulta foram colocadas abas com indicação das principais seções, entre outras funcionalidades. A edição incorpora também uma versão para mobile, ativada automaticamente nos dispositivos móveis.

PROPÓSITO - O objetivo do Anuário é mostrar o desempenho das companhias abertas e sua contribuição para o desenvolvimento econômico e social do país, em sua 13ª edição. No ano de 2016, por exemplo, as companhias abertas recolheram R$ 1,07 trilhão em impostos; geraram mais de 2,5 milhões de empregos diretos e responderam por 16,5% da formação do PIB nacional.Apesar da crítica aos custos de manutenção das companhias abertas no país, e do excesso de regulação, o Anuário aponta a estabilidade verificada no final de 2017 e faz estimativas promissoras para o mercado de capitais.

Estas e outras informações analíticas estão disponíveis no link http://online.flipbuilder.com/bkyt/fmtk

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Educação Profissional Continuada Abrasca realizará curso em 7 de dezembro

"Melhores Práticas de Elaboração das Peças Contábeis de Companhias" é o nome do curso que acontecerá em São Paulo, no dia 7 próximo.

Evento é parte do Programa de Educação Profissional Continuada ABRASCA, pontuando para o CFC.

Inscrições: nilsonjunior@abrasca.org.br - Fone (11) 3107.5557

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Elektro e Multiplus vencem o Prêmio Abrasca Relatório Anual

Houve premiação também para companhias fechadas, organizações não-empresariais e cinco menções honrosas.

A Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) anuncia hoje, 23, os vencedores do 19º Prêmio Abrasca Relatório Anual, destinado aos melhores relatórios anuais do ano base 2016. O evento acontecerá no Auditório da B3, em São Paulo. A Elektro Redes S/A venceu na Categoria Companhia Aberta - Grupo 1 (empresas com receita líquida igual ou acima de R$ 3 bilhões); e a Multiplus no Grupo 2 (empresas com receita líquida abaixo de R$ 3 bilhões). Neste ano o número de inscritos foi 10% maior que o anterior, com 78 relatórios disputando o tradicional prêmio do mercado de capitais.

Já a Categoria Companhias Fechadas teve a Votorantim S/A no Grupo 1 (empresas com receita líquida igual ou acima de R$ 1 bilhão) e o Grupo Sabemi venceu no Grupo 2 (empresas com receita líquida abaixo de R$ 1 bilhão).

A categoria Organização Não-Empresarial teve como vencedor o Esporte Clube Pinheiros. A Comissão Julgadora ainda premiou com Menções Honrosas as seguintes companhias e categorias: Análise Econômico-financeira: EDP Energias do Brasil; Aspectos Socioambientais: Duratex; Estratégia e Investimentos: AES Tietê Energia; Gestão de Riscos: Itaú Unibanco e Governança Corporativa: Lojas Renner.

Instituído pela Abrasca em 1999, com o objetivo de incentivar o aprimoramento da elaboração de relatórios com maior clareza, transparência, qualidade e quantidade de informações e caráter inovador, tanto na apresentação expositiva quanto no projeto gráfico, o prêmio conta com o apoio da Abrapp, Abvcap, Anbima, Apimec, B3, Codim, Ibef-São Paulo, Ibgc, Ibracon, Ibrademp e Ibri, estando sob a coordenação dos professores Lucy Sousa e Lélio Lauretti.

ANTERIOR – Os vencedores no ano anterior foram Banco Bradesco (Cias. Abertas-Grupo 1); Cetep (Grupo 2); Categoria Cias. Fechadas teve a Brasilprev (Grupo 1) e a Concer (Grupo 2) e em Organização Não-Empresarial venceu a Inpev.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

CPC homenageia ex-presidente da Abrasca

O economista Antonio Castro (esq) foi homenageado pelos relevantes serviços prestados ao mercado de capitais. Recebeu placa de prata das mãos de Alfried Plöger (atual presidente do Conselho Diretor da Abrasca e Relações Institucionais do Comitê de Pronunciamentos Contábeis).

A rápida cerimônia ocorreu na abertura do XIV Seminário Internacional CPC - Normas Contábeis Internacionais, ocorrido no último dia 7 de novembro, em São Paulo.